Podemos descansar seguros na fé que Deus é Deus de milagres e ouve cada uma das nossas orações. Ele é um Deus Todo-Poderoso para curar. Ele é tão Poderoso que sabe quantos cabelos cada um de nós possui.

Um homem que tinha uma enfermidade por 38 anos, pegou na sua esteira e levantou-se um homem saudável.

João 5:1 -6“Depois disso, havia uma festa entre os judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. Ora, em Jerusalém há, próximo à Porta das Ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres. Nestes jazia grande multidão de enfermos: cegos, coxos e paralíticos, esperando o movimento das águas. Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse. E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo.
E Jesus, vendo este deitado e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?

Queres ser curado? Esta é a pergunta que Deus te faz hoje. A Palavra de Deus diz que Jesus é o mesmo ontem, hoje e eternamente.

 

João 5:7-9 “O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me coloque no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma tua cama e anda.
Logo, aquele homem ficou são, e tomou a sua cama, e partiu. E aquele dia era sábado.”

O anjo do Senhor está aqui hoje para agitar a água da nossa vida.

Este homem tentava entrar, mas não tinha ninguém que o ajudasse a entrar no tanque para ser curado. Muitos são os que estão à volta mas não ajudam ninguém a entrar para ser curado, para ter paz, nem ter Jesus no coração.

Hoje, o mover do Espírito que vem sobre uma vida, uma família é diferente, porque Deus faz coisas novas a cada dia. Não podemos esperar que Deus faça sempre da mesma forma. Deus espera que sejamos dadores, porque Ele disse para irmos:

Marcos 16:15-17 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão.”

Um dia, Jesus pôs as mãos sobre os ouvidos de um surdo-mudo  e disse : “Abram-se!” e os ouvidos abriram-se. Então este surdo-mudo podia ouvir e falar claramente.

Marcos 7:32-37 “E trouxeram-lhe um surdo, que falava dificilmente, e rogaram-lhe que impusesse as mãos sobre ele. E, tirando-o à parte de entre a multidão, pôs-lhe os dedos nos ouvidos e, cuspindo, tocou-lhe na língua. E, levantando os olhos ao céu, suspirou e disse: Efatá, isto é, abre-te. E logo se lhe abriram os ouvidos, e a prisão da língua se desfez, e falava perfeitamente. E ordenou-lhes que a ninguém o dissessem; mas, quanto mais lho proibia, tanto mais o divulgavam. E, admirando-se sobremaneira, diziam: Tudo faz bem; faz ouvir os surdos e falar os mudos.”

Jesus fazia coisas raras e diferentes. Não importa como a unção e o poder de Deus vêm, importa que somos curados.

O mover do Espírito Santo não é religioso.

Apóstolo António Ferreira

Ninguém pode dizer ao Espírito Santo como Ele deve operar, na medida em que podemos impedir que Ele opere em nós. Não podemos criticar a maneira como Ele se move.

Pedro, depois de Jesus ter subido ao Céu, disse a um homem paralítico, por oito anos, que Jesus curava e ordenou-lhe que se levantasse. E assim aconteceu de imediato.

Jesus curou um paralítico há 38 anos e Pedro um paralítico há 8 anos. Isto significa que há uma aceleração.

Atos 9:32-35 “E aconteceu que, passando Pedro por toda parte, veio também aos santos que habitavam em Lida. E achou ali certo homem chamado Eneias, jazendo numa cama havia oito anos, o qual era paralítico. E disse-lhe Pedro: Eneias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faze a tua cama. E logo se levantou. E viram-no todos os que habitavam em Lida e Sarona, os quais se converteram ao Senhor.”

Muitos sinais e prodigios eram feitos entre o povo. Há uma série de exemplos de cura na Bíblia. Vemos que os discípulos continuavam a fazer milagres. Estes não são do passado, mas do presente também.

 

No começo do cristianismo, Deus usou milagres para edificar a Igreja, mas o dominador comum reside numa só palavra: . Nenhuma cura pode ser realizada sem fé.

Sofonias 3:17 “O Senhor, teu Deus, está no meio de ti, poderoso para te salvar; ele se deleitará em ti com alegria; calar-se-á por seu amor, regozijar-se-á em ti com júbilo.”

Jesus disse à mulher que tocou nas suas vestes afim de ser curada : “A tua fé te salvou”. A fé tem ação, ela ouvia dos milagres que Jesus fazia. O que andamos a ouvir? Acerca de milagres? Acerca do que o Espírito Santo faz? Ou oiço que não é assim? Oiço a crítica do mover do Espírito? O mover do Espírito Santo é diferente da religião. Nem Jesus fazia os milagres da mesma maneira.

Deus é tão poderoso para curar nos tempos em que vivemos como era no tempo em que Jesus estava aqui na Terra.

Malaquias 3:6 “Porque eu, o Senhor, não mudo; por isso, vós, ó filhos de Jacó, não sois consumidos.”

Deus não muda. Então o mesmo poder que estava disponível em Jesus Cristo e nos apóstolos, está disponível hoje para nós. O que estás a fazer com esse poder? Jesus disse: “ide e curai os enfermos”. Assim como era nos dias de Jesus, assim é hoje.

 

Tiago 5:14-16 “Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, para que sareis; a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.”

Precisamos ter uma consciência pura diante de Jesus. Quando confessamos os nossos pecados, a nossa luz brilha. Se estamos conscientemente a esconder alguma coisa, então a nossa consiência não está completamente limpa diante de Deus. A doença nunca é motivo para acusar ninguém de injustiça e muito menos a nós mesmos. Muitos questionam o que estão a fazer de errado, ou por que é que Deus me está a punir com isto? Doença não é punição e não vem de Deus.

Romanos 8:1 “Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito.”

Se está em Jesus, não há condenção. Ele ouve as nossas orações. Como seres humanos precisamos estar reconciliados com Ele.

A enfermidade, a doença pode trazer-nos todo o  tipo de tentações: impaciênia, agitação, ansiedade, reclamação… Isto são travões diante de Deus. Se está diante de uma enfermidade ou diante de uma circunstância adversa louve, adore a Deus. Este é o segredo que o levará à vitória. É de Deus que vem o socorro, a cura, a provisão… Louve e adore a Deus pela situação que está a passar, ao invés de murmurar ou reclamar dela.

A mulher do fluxo de sangue dizia que, se tão somente tocasse nas vestes de Jesus, ficaria sã. Assim, toque em Deus através do seu louvor e da sua adoração.

A tribulação é uma oportunidade de ver a glória de Deus manifestada. O que eu faço durante a tribulação vai produzir fruto. Reclamo ou louvo e adoro? Enquanto louvamos e adoramos, Deus traz a paz à nossa vida. A reclamação traz a inquietação.

O rei Ezequias recebeu a mensagem de Deus, vinda pelo profeta Isaías, que deveria colocar a sua vida em ordem, porque ia morrer. Contudo, Ezequias orou arrependido a Deus e, Ele respondeu acrescentando-lhe 15 anos de vida.

Podemos aprender a confiar em Deus, a tal ponto que estamos em perfeita paz, porque Ele é poderoso para salvar-nos.

Pode rever a nossa reunião no vídeo que disponiblizamos mais abaixo.

Phone: +351 234 308 422
3800-587 Cacia - Aveiro
Rua da Paz, Nº 263, Lote 9