João 3:1-3 “E havia entre os fariseus um homem chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. Este foi ter de noite com Jesus e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és mestre vindo de Deus, porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele. Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus. “

Nicodemos era um príncipe dos judeus, fariseu, conhecedor da lei, mas não tinha tido uma experiência com Deus, pois era um religioso. Muitos procuram conhecimento, mas não procuram vida espiritual e esta só começa com o novo nascimento.

João 3:4-6 Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura, pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito.”

Nicodemos via as coisas de forma carnal, não entendia as coisas espirituais. Todos nós nascemos da carne, mas todos necessitamos nascer do espírito. O Homem foi criado à imagem e semlhança de Deus, mas foi separado de Deus, logo deixou de ter um altar (lugar onde se sacrifica, onde temos comunhão com Deus). Contudo, Jesus foi o sacrificio para nós voltarmos ao Pai. Ao recebermos Jesus em nosso coração, os nossos pecados são perdoados e podemos voltar a ter um relacionamento com Deus.

João 3:7-13, 15-16 “Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo. O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito. Nicodemos respondeu e disse-lhe: Como pode ser isso? Jesus respondeu e disse-lhe: Tu és mestre de Israel e não sabes isso? Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos e testificamos o que vimos, e não aceitais o nosso testemunho. Se vos falei de terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais? Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do Homem, que está no céu. para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

“Não pereça” é não morra. Há duas mortes: uma é a morte física, outra é a espiritual, porque o Homem é constituído por corpo, alma e espírito. O espírito é eterno. Assim, este perecer refere-se à morte do espírito. Necessitamos nascer de novo em nosso espírito. Isto acontece quando reconhecemos que somos pecadores e, que Deus enviou Jesus Cristo e, o recebemos em nossa vida. Este é o maior milagre! Quando aquele que estava morto espiritualmente, vive para Deus. Precisamos receber Jesus Cristo e segui-lo.

Aquele que recebe Jesus torna-se um filho de Deus. João 1:12 diz: “Mas a todos quantos o receberam deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus: aos que creem no seu nome”.

Um filho tem direito às coisas do Pai, logo somos herdeiros e co-herdeiros em Cristo, temos direito aquilo que Ele tem. Logo, temos o poder, a autoridade e a glória dentro da nossa vida e temos direito ao fogo.

O cristão tem de estar, ser e andar cheio do fogo de Deus.

Apóstolo António Ferreira

Êxodo 3:1-5 “E apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote em Midiã; e levou o rebanho atrás do deserto e veio ao monte de Deus, a Horebe. E apareceu-lhe o Anjo do Senhor em uma chama de fogo, no meio de uma sarça; e olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia. E Moisés disse: Agora me virarei para lá e verei esta grande visão, porque a sarça se não queima. E, vendo o Senhor que se virava para lá a ver, bradou Deus a ele do meio da sarça e disse: Moisés! Moisés! E ele disse: Eis-me aqui. E disse: Não te chegues para cá; tira os teus sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa.”

Uma nova era vem sobre a Terra. Vivemos o Pentecostes e vamos viver um grande mover de Deus sobre a Terra.

7 pontos que o Pentecostes nos deixou:

1) O Velho e o Novo juntaram-se.

2) A glória passada e a nova juntaram-se.

3) Deixou-nos um inusual batismo de fogo.

4) Deixou-nos temor a Deus.

5) Deixou-nos uma colheita inusual em todas as áreas.

6) Transferência de riquezas.

7) Manifestações angelicais.

 

Há um  novo fogo a cair sobre a igreja de Cristo que distinguirá quem é o remanente. Virá uma nova dimensão de fogo que nunca vimos, nem sentimos. Mas para isso não podemos ser como Nicodemos que ainda não tinha nascido de novo.

Até ao derramar do Espírito Santo, no Pentecostes, ninguém tinha sido cheio do fogo do Espírito Santo, ninguém tinha falado em novas línguas.

Deus quer fazer coisas novas e Ele vai encontrar o remanescente que vai entrar nestas coisas novas, nesse fogo novo que Ele quer trazer. Esse fogo vem para limpar e santificar. O corpo de Cristo, a Igreja nesta Terra, necessita estar limpa e santificada.

O fogo vem para avivar aqueles que têm perdido a fé, a paixão, o primeiro amor. Este fogo queima aquilo que não presta, porque santifica. Tal como o ouro passa pelo fogo para tirar todas as impurezas e depois brilhar, o Espírito Santo que derramar o fogo para limpar a vida dos cristãos para que eles posssam brilhar mais e mais no meio desta Terra cheia de trevas.

Este fogo prepara a Igreja para a segunda vinda de Cristo. Ele quer limpar, santificar e queimar misturas. Não pode existir, numa só vida, o santo e o profano.

 

Sofonias 1:7 “Cala-te diante do Senhor Jeová, porque o dia do Senhor está perto, porque o Senhor preparou o sacrifício e santificou os seus convidados.”

Não podemos deixar de ter um altar de comunhão com Deus. É no altar que desce o fogo. Elias fez a diferença entre o Deus a quem ele servia e o deus a quem os profetas de baal serviam. Servimos ao Deus que faz descer fogo do Céu e consome o sacrifício.

O espírito desta era trata de apagar o fogo de Deus e ser suave. “Não sejas tão fanático! Não é preciso servir tanto. Não precisas ser tão comprometido…” Todavia, Deus chama uma igreja comprometida, ativa, que seja remanescente.

 

Quando comprometemos a verdade, perdemos o fogo.

Apocalipse 2:2-5 “Eu sei as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos e o não são e tu os achaste mentirosos; e sofreste e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome e não te cansaste. Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres.”

O primeiro amor equivale ao primeiro fogo, à primeira paixão, à maneira como se servia, como se orava, como se lia a Bíblia. É pecado perder o primeiro amor. Então é preciso arrependimento. Já tinha pensado nisto?

Deus procura pessoas comprometidas, com altar edificado, que diariamente estão no altar a sacrificar.

A Igreja vai ter três tipos de pessoas: os estancados (aqueles que não querem passar para uma nova temporada, ficam para trás, pensam que vão continuar a fazer o que faziam), os que atiram a toalha ao chão (os que desistem, acostumam-se à quietude e à calma) e o remanemte (permanecem a mover-se em frente a qualquer custo, querem cumprir a chamada e dão a glória a Deus sem importar o custo). O remanente tira tudo o que lhe impede e segue em frente.

Aquilo que tem semeado no altar em oração, em serviço, em ofertas… nesta temporada Deus vai dar-lhe de volta sete vezes mais!

Mateus 3:11-12 “E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim é mais poderoso do que eu; não sou digno de levar as suas sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo. Em sua mão tem a pá, e limpará a sua eira, e recolherá no celeiro o seu trigo, e queimará a palha com fogo que nunca se apagará.”

Vem um fogo inusual que é maior do que temos visto. Hoje Deus quer derramar fogo sobre a sua vida!

 

Pode rever a nossa reunião no vídeo que disponiblizamos mais abaixo.

Phone: +351 234 308 422
3800-587 Cacia - Aveiro
Rua da Paz, Nº 263, Lote 9